Quem sonha não tem morada, porque os sonhos franqueiam-nos a entrada em todas as portas...E os meus sonhos levam-me a ti.... AMO-TE ROSÁRIO.

.posts recentes

. Pedido de desculpa

. Desculpa Rosário!!

.arquivos

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007


Segunda-feira, 31 de Março de 2008

Pedido de desculpa

Pedi-te desculpa (mas não disse nem metade daquilo que te queria dizer...), tu coraste. Disseste que percebias que há dias em que as pessoas estão menos bem e que não estavas zangada, mas eu sei que estavas.

Aliás, tu estás diferente desde que fomos tomar café (faz hoje 2 meses)... nunca mais me trataste da mesma forma e raramente me conseguiste voltar a olhar do mesmo modo. Dizes que não. Negas que estás zangada. Estarei enganada então? Não creio! Tu estás diferente...

Há quem diga que sou cega, lenta de raciocínio, que não vi que tu também depositavas expectativas naquele café. Esperavas uma declaração?

Eu esperava um sinal que me dissesse que me podia declarar sem medo. Tu não me deste o sinal, ou deste e eu não vi...(houve aquela conversa de comprares umas calças para arranjar um namorado e ficaste a olhar para mim, à espera da minha reacção...)

Era esse o sinal?

Eu não me declarei, nem te dei uma pista do meu amor por ti.

Depois vem a história do "meu namorado". Sempre o meu namorado (QUE NÃO EXISTE!), estavas sempre a falar dele e a perguntar por ele. Era outro sinal? Querias que te dissesse: - Rosário não há nenhum namorado, é a ti que eu amo!

Era a verdade que querias que eu dissesse?

Era a verdade que eu devia ter dito!

Eu amo-te!

Mas não, menti-te, disse que havia um namorado e estraguei tudo...

Disse aquilo a brincar, mas tu não percebeste a brincadeira.

Agora estás diferente, e mais uma vez a culpa é minha!

Deviamos começar de novo. Será possível? Será que ainda vou a tempo para te dizer que te amo, que sempre te amei, desde aquele dia  em que te vi pela primeira vez?

sinto-me:

publicado por Eu às 12:39

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 27 de Março de 2008

Desculpa Rosário!!

Hoje sinto a necessidade de te pedir desculpa.

Desculpa pela forma como te respondi ontem, não devia ter-te falado daquela maneira...

Desculpa pela forma como, às vezes, te trato... sei que, por vezes, as minhas atitudes não são coerentes com o meu sentimento por ti... Eu queria que soubesses que te amo, mas tenho atitudes que decerto te levam a pensar o contrário. Nem eu sei porquê...Mas eu sou estranha ao ponto de tratar mal as pessoas de que mais gosto... Desculpa!

De certa forma culpo-te por não saberes que te amo e por ter de viver em silêncio este meu amor. Mas a culpa é minha porque nunca tive a coragem para te contar e porque nem sequer consigo demonstrar de forma clara o que realmente sinto. A culpa é minha por não querer admitir que entre nós não pode existir nada...há demasiadas barreiras...A culpa é minha por querer de ti algo impossível.

 

Não sei se algum dia vais ler o que aqui tenho escrito ao longo destes meses, nem se algum dia vais saber que existe um blog que te é dedicado, mas queria que soubesses que és alguém muito especial para mim, que desde o primeiro dia foste mais que uma simples colega de trabalho, que me encantei pela tua maneira de ser, que me apaixonei por um olhar e que hoje te amo sem saberes.

Hoje peço-te desculpa (aqui, e mais logo pessoalmente se lá estiveres), pois não quero que existam entre nós mal-entendidos, que te levem a pensar que eu não gosto de ti quando a verdade é que eu te amo.

sinto-me: triste.

publicado por Eu às 14:50

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.tags

. todas as tags

.favorito

. Queria...

. ouvir o olhar...

. Queria....

. Amo-te!!!

. Adoro-te!

. Amar(te)

. Como se faz durar um amor...

. Amo-te .... porque TE AMO

. am@-te Rosário

.links

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds